Notícias
  • Nova esperança de tratamento para o mal de Parkinson

     
    Um estudo desenvolvido por pesquisadores da Universidade Carneggie Mellon, nos Estados Unidos, ajuda no desenvolvimento de uma nova terapia para portadores do mal de Parkinson. Atualmente, os medicamentos mais utilizados substituem a dopamina que deixa de ser produzida. Porém, esses tratamentos perdem efeito após um tempo, trazendo um alívio apenas temporário aos pacientes.

     
    Os pesquisadores decidiram optar pela optogenética. Nos testes em animais, foram manipuladas duas porções distintas de neurônios que também têm o funcionamento prejudicado pela falta de dopamina. Por meio de estímulos e marcadores luminosos, os neurônios são ativados, controlados e rotulados. Os resultados foram benéficos e mais duradouros e servirão de base para o desenvolvimento de novos tratamentos de estimulação cerebral profunda em humanos.
     
    Envie seu comentário:
    Acompanhe a Torrent
    • Facebook
    • Twitter
    • Torrent Pharma